quarta-feira, 27 de abril de 2011

Ó QUE VEJO, NEM PESTANEJO


.
CAMALEÃO
.
Já não sei que chamar a este camaleão, depois de o ouvir ontem na TVI. 
O maior problema é que este senhor está tão agarrado ao poder, tão embriegado com as suas benesses, para ele e para os seus amigos, que de tudo parece continuar a ser capaz.

Mas enfim, por aquilo que se vê e ouve pelas rádios e pelas televisões, a juntar às sondagens que se publicitam, este político é se calhar o único que o meu pobre País merece, infelizmente para todos nós.

.

Sem comentários: