quarta-feira, 4 de maio de 2011

O ACORDO QUE NÃO VAI SER


.
NÃO SABEMOS QUE ACORDO VAMOS TER, MAS SABEMOS SIM O QUE NÃO VAMOS TER.
ASSIM NOS DISSE O AINDA NOSSO PRIMEIRO (DE UM GOVERNO DE GESTÃO)
.
Governo chegou a acordo hoje. 
É um acordo que defende Portugal. 
A imprensa andou a dar notícias especulativas.
E, dizendo isto aproveitou para levar com ele o Ministro quase despedido e teceu-lhe os maiores elogios (?!?!?!?!)

O que não vamos ter afinal:
Mexida no subsídio de férias nem de Natal.
Cortes na FP.
Redução do salário mínimo.
Cortes nas pensões abaixo dos 1500 €.
Revisão constitucional. 
Privatização na CGD. 
Despedimentos na FP.
Alterações nas idades da reforma.
Privatização da SSocial.

O que vamos ter no fim de contas:
Aumento das pensões mínimas.
Saúde tendencialmente gratuita.
Escola pública.
Empréstimo a Portugal de 78 mil milhões de euros *

Isto tudo sem poder adiantar detalhes.
Ele é só maravilhas para o nosso zé povinho, sedento de coisas boas vindas do sr José.

Ora é preciso ter lata para nos vir falar assim. Será que se esqueceu do que disse ainda há poucos dias? Que não governaria com o FMI, que eram uns papões, que ainda iríamos ter saudades do PEC IV, etc., etc., etc..
E se não podia adiantar detalhes, para que serviu aquele discurso de vendedor de banha da cobra?
Julgará que somos uns mentecaptos e que acreditamos em tudo o que ele nos diz? (se calhar julga, a acreditar nas sondagens com que nos vão inundando os olhinhos)
De qualquer forma, esperemos pelo acordo a sério, a anunciar muito em breve, e depois vamos a ver se vamos rir ou chorar.
.
.
 
* - Eu vou querer no meu bolso os 7800€ que me dizem respeito. Não acredito na seriedade deste gajos.

.

2 comentários:

Alex disse...

Olá Zé, como vai o seu neto?
.........................

Não sei se este tipo, o primeiro-gestor, julga que somos mentecaptos, creio que não julga nada porque é para o lado que dorme melhor, mas sabe que nos pode tratar como mentecaptos. E pode. E trata. E não leva um enxerto numa esquina nem nada.

Para que serviu o discurso?
Serviu para a vingança de um tipo que está pior do que estragado porque tem uns senhores de fato escuro a mandar nele, a topar-lhe o jogo e o feitiozinho arrazador, mas não pode fazer nada e ainda tem de ser educadinho com eles. Serviu para José vir dizer que apesar das enormidades que ele pôs a circular pela comunicação social como se fossem fugas de informação, a situação é menos má, que conseguiu um acordo bestial devido ao esforço da sua equipe e salvou o país dos grilhões do FMI.
(Agradeçam ó pobretanas e votem em mim). What else?

ATRIBUTOS disse...

Obrigado por perguntares Alex, está bom, graças a Deus, recuperando, conforme se espera de um prematuro.
Qualquer dia vem até ao Porto e irei vê-lo de novo.
Bjs