terça-feira, 1 de novembro de 2011

CAÍU DO CÉU UM PÉNALTI MAS O PORTO VOLTOU A ESTRAGAR TUDO (os golos)

.
JOGO CINZENTO E DESINSPIRADO DO FCPORTO
.


Dois jogos fora, duas derrotas.
Não estamos habituados a isto. Jogamos mal e perdemos bem.
E não vale a pena dizer que é por falta de Falcão. 
É só por falta de qualidade. Da equipa do ano passado, só muda um atacante e um treinador. As ilações não são difíceis de tirar.
Numa exibição paupérrima, onde não criamos uma oportunidade de golo, tivemos a sorte de arrancar um pénalti, empatamos, e deixamos logo no minuto seguinte, que num contra-ataque  ficassemos a perder de novo. Álvaro, o jogador, não o outro, deixou cair uma nódoa no alvo pano que lhe servira a exibição, ele que fora um dos melhores em campo, do lado do FcPorto. Manduca foi o carrasco.
É a primeira vez que uma equipa Portuguesa perde com uma Cipriota, seja em Nicósia ou em outro lado qualquer.
Nada está ainda perdido, mas pouco falta. Por este andar ainda vamos parar de novo à Liga Europa.
A viagem à Ucrania ditará tudo.
.
OS GOLOS 

.

Sem comentários: