segunda-feira, 20 de junho de 2011

ADEUS, ANDRÉ?


.
VILLAS-BOAS SEGUE UM CAMINHO QUE OUTRO JÁ TRAÇOU?
.
São quinze milhões para o clube e mais cinco por ano para o treinador. E mais que isso, Falcao, Moutinho e Fernando.
O dono do Chelsea não brinca em serviço e só quer o que de melhor há. A ver vamos como o consegue.
E o melhor está no FCPorto, como o outro melhor também esteve, e outros que também eram os melhores na sua posição. A fábrica de criar "melhores do Mundo", vai ter de deixar partir mais um (ou dois, ou três ou quatro), partida já assumida por alguns jogadores e também pela direcção do FCPorto, embora o povo o não queira, um que ainda por cima tem o Porto no coração (ou tinha, teve, ou assim assim). 
E se ele se for embora, será o mais cara tranferência de um treinador, de sempre.
Sê feliz, André, ou , seguir-te-emos seja por onde for que andares, e quando quiseres voltar, se chegares mesmo a partir, e até parece que sim, as portas estarão por certo abertas (isto se te portares bem, claro).
Até à vista!

.

1 comentário:

Dylan disse...

Afinal, a madeira da "cadeira de sonho" tinha caruncho e partiu-se. Na loja do mestre André venderam-se ilusões, promessas e juras eternas, nada que qualquer fax e uma transferência bancária não resolvam. No entanto, parece que havia outro, o adjunto, transformado em obreiro de títulos de última hora. Gabo-te a coragem por saberes que os clientes do costume viriam à tua loja apresentar reclamação, furibundos, chamando-te traidor e apelando às vigílias. Obrigado mestre André por este alto momento de comédia e ironia, aprendeste com os melhores, porque foi preciso alguém de sangue azul pagar na mesma moeda a quem inventou a arte de desviar jogadores praticamente assegurados noutros clubes utilizando o cinismo e o poder do dinheiro.