terça-feira, 7 de junho de 2011

SEGURO ESTÁ SEGURO DE TER OS APOIOS NECESSÁRIOS


.
QUASE SEM LUTA, A ESPERANÇA NA VITÓRIA
.
António José Seguro, ainda o corpo do falecido (politicamente, claro) Primeiro Ministro estava quente, logo se colocou em bicos de pés, à saída do elevador do Altis, dizendo sem dizer que era candidato a suceder-lhe na liderança do partido. 
Digamos que não foi uma coisa bonita de se ver, mesmo sendo ele um dos meninos bonitos do partido, capaz de, com a sua figura, fazer frente ao bonito menino do PSD.
De imediato terá começado a reunir as tropas partidárias, ele que conhece os meandros do PS como ninguém, de molde a obter os apoios necessários e inviabilizar outras candidaturas, como as de Assis e de Costa (esta conseguida).
Candeia que vai à frente alumia duas vezes, terá pensado, e ele bem que precisa, já que o Ps, com tanta escuridão, é um partido de ceguinhos (sem qualquer ofensa, claro, a qualquer invisual, qualquer que ele seja).

.

Sem comentários: