sexta-feira, 11 de março de 2011

JOSEZINHO DIZ QUE QUER OPRIMIR AINDA MAIS O ZÉ, E PEDRINHO DIZ QUE NÃO VAI DEIXAR


.
JOSÉ QUER PROVOCAR UMA ROTURA
.
Novas medidas serão vistas lá fora como sinal de empenhamento português.
Mas olhando para o que se passou hoje, com Passos Coelho a ser avisado em cima da hora de medidas que há muito pouco tempo tinha recusado e que foram objecto de negociações, a juntar ao facto de o senhor Presidente da República não ter sido sequer avisado, faz-me pensar que o ainda nosso Primeiro quer deixar de o ser a curto prazo, pensando por certo que esta será a melhor altura para provocar uma cisão e ir a eleições.
Deus queira que o tiro lhe saia pela culatra. Para já, o Pedrinho não vai em cantigas, diz que acabou a hipótese de comer a mesma mesa do Josezinho, e que se o Josezinho não sabe trabalhar melhor, então que dê a vez a quem poderá saber.

.

1 comentário:

Anónimo disse...

O Pedrinho está a armar-se em esperto. Então o soft-jovem-Presidente do PSD não sabe que vai ser preciso cortar nisto e em muito mais? Os submarinos, as SCUTS, os jantares, as viagens, as fragatas, as auto-estradas, os TGVs, os eurodeputados, os ministros, os secretários de estado, os boys e as girls, nada disso é de borla! Ora, nós andamos há 30 anos nisto, a começar no D. Cavaco encavacado e a acabar do D. Sócrates Pinóquio. O D. Paços que não se arme em ingénuo e muito menos em esquisito! Ora o rapazola!