segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

UM RIO MAIS LIMPO E SAUDÁVEL

.
NO CHÃO DO PORTO NÃO COSPES, NÃO URINAS, NÃO DEITAS PAPEL
.
Aqui no Porto somos mais terra a terra e dizemos que no nosso chão não deixaremos escarrar, mijar ou grafitar. Quem o fizer está lixado.
Já não era permitido lavar o carro apesar de ser uma acção saudável e que nos permitia poupar algum graveto, mas, enfim, o que tem de ser tem muita força e nós precisamos de mostrar que sabemos ser educados e ter uma cidade limpa, moderna e saudável. 
Também já não poderemos fazer limpezas domésticas na via pública, seja lá isso o que for e quiser dizer. Imagino que não estarão a pensar na lavagem de louça ou de roupa, já que não estou a conseguir imaginar seja quem for a fazê-lo.
Atirar com papeis para o chão, mesmo em sítios em que não haja papeleiras vai também ser alvo dos olhares da polícia.
Os tipos que  a coberto da noite ou escondidos num qualquer recanto menos visivel costumam mijar, encostados a uma parede ou a uma sebe, ou os que sem qualquer cuidado ou respeito pelo próximo escarram nos nosso passeios, vão passar a poder ser multados pela Polícia Municipal.
Amanhã esta proposta do Presidente da Câmara do Porto vai a votação, esperando-se que não tenha votos contra, nem sequer abstenções, já que eles e elas, a existirem, terão um significado que não dignificará quem assim proceder.
Depois dessa prevista aprovação, não se compreenderá que os senhores da Polícia Municipal, não actuem em conformidade.
.

Sem comentários: