sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

VALEM O QUE VALEM

.
E ÀS VEZES VALEM BASTANTE (AS SONDAGENS)
.
Afinal para que serve este senhor?

O Presidente desta nossa Repúlica, senhor Cavaco Silva, teve agora uma queda significativa no agrado do Portugueses. O senhor chefe deste Estado recebeu por parte dos portugueses uma nota negativa (6,4%) e as suas declarações sobre o valor das suas pensões não chegar para pagar as despesas terá sido uma das razões que explicam este acontecimento. O homem abriu a boca sem ter ninguém por perto que o acalmasse e ... estragou a pintura.

Sobre este assunto,
diz-se o senhor Medeiros Ferreira  "muito preocupado, porque o Presidente é essencial para regular o normal funcionamento das instituições"(não sei muito bem o que isto quererá dizer), acrescentando ainda que o Presidente da República tem "falta de sentido político e estratégico"(isto já sei o que quer dizer e é totalmente verdade).

Há quem considere a situação "perigosa" dado que "pela primeira vez na história democrática deste país, temos um governo completamente à solta"(também não sei o que isto quer dizer, nem sei como o PR o prenderia, mas isto são palavras de um comentador político).

A sondagem, mostra ainda que o PS e o PSD estão cada vez mais próximos um do outro e que, se as próximas eleições legislativas fossem hoje, o PSD voltaria a vencer com 37,5% das intenções de voto. Mais de sete pontos acima do segundo classificado, logo com alguma vantagem que eu diria até, confortável.

Mas no fundo, para que serve um Presidente da República? 
Este não regula (o funcionamento das instituições), não prende (o governo, já que este, dizem que está à solta), não tem solidariedade para com o povo (recebe mais de dez mil euros e entende que é pouco, comparando o que recebe com o comum dos mortais do seu País), não nos defende (em tempos o seu povo foi insultado numa cerimónia oficial de um País europeu, e estando presente, não se manifestou) e às vezes parece que não sabe o que diz, ou como o dizer.
Renovo a pergunta, para que serve um Presidente da República? Serve para decorar o nosso País? A ser assim, há maneiras bem mais baratas de o fazer e que duram uma vida inteira, principalmente nesta altura de forte crise social, moral, económica e financeira.

Procedamos então!
.

Sem comentários: