quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

FELIZ ANO NOVO





.
ANO NOVO, VIDA NOVA!
.
Como seria bom que o novo ano de 2009 nos trouxesse realmente uma vida nova. As crises que travessamos, a internacional e a interna, podem ser aproveitadas para mudarmos a nossa maneira de ver as coisas, o nosso entendimento da política e dos políticos, o nosso olhar para o estado de Portugal. A crise interna, que para além de económica é acima de tudo de valores, pode ser mais facilmente ultrapassada com mais e melhor educação, com mais e melhor ensino, com mais e melhor cultura, e também com mais e melhor democracia.
O nosso país não cresce há mais de dez anos, todos os números são maus, todos os indicadores estão no fundo da Europa, excepto claro, os que o governo lê ou quer ler, e nos impinge quase diariamente, numa lavagem cerebral digna do melhor vendedor da banha da cobra.
Temos por isso de mudar o rumo que Portugal e os Portugueses estão a levar, e isso está nas nossas mãos. Vamos usufruir este ano, de três eleições, e nelas poderemos fazer alguma diferença, se quisermos.
Para este novo ano, quero levar só as boas recordações, infelizmente poucas, não querendo mais, das outras que me fizeram viver com ódio e raiva, com lamentações e queixas, com azedume e mal estar. Queria que dentro de mim, em 2009, só existissem pensamentos positivos, facto que eu sei ser utópico, mas que quero tentar vir a ter diariamente. O dia a dia do meu país, não mo vai deixar, com os problemas que ainda irão continuar a existir, e com os outros que virão a ser criados todos os dias, pelo que terei, com assiduidade, de me insurgir, na esperança de que essa minha reacção possa levar a alguma mudança positiva.
.
Um bom Ano de 2009 para todos!

.
JM
.

2 comentários:

Mente Despenteada disse...

Feliz Ano Novo, camarada blogger! Na certeza de que não está na mão de cada um ser feliz, mas está na mão de cada um merecer ser feliz. E o pensamento positivo, o sereno optimismo e a esperança constituem boa parte desse caminho.

Até já.

JOSÉ MODESTO disse...

Quando escrito em chinês a palavra crise compõe-se de dois caracteres: um representa perigo e o outro representa oportunidade.

A crise de hoje é a anedota de amanhã.

Estes dois pensamentos servem para mudarmos a nossa mentalidade...uma pequena explicação simples e comum entre muitos nós.
Quem ganha 500 não pode gastar 1000
control e BOM SENSO é o que se pede