segunda-feira, 9 de novembro de 2009

HÁ VINTE ANOS, DEITARAM O MURO ABAIXO

.
NÃO CAIU, FOI DERRUBADO
.
.
.
Na noite de nove de Novembro de 1989, um grupo de pessoas, uma multidão, vinda da parte leste, avançou contra os postos fronteiriços. Começava o derrube do que foi chamado MURO DA VERGONHA.
Começado a ser construído em 13 de Agosto de 1961, durou vinte e oito anos. Dividia a cidade ao meio e simbolizava a divisão das Alemanhas e do mundo, RFA (afecta ao mundo acidental e ao capitalismo que era representado pelos EUA) e RDA (afecta ao países socialista e ao regime soviético).
Era um muro enorme, com mais de sessenta e seis quilómetros de extensão, e, provocou a morte a mais de oitenta pessoas, feriu mais de uma centena e aprisionou milhares. Tudo , só porque queriam atravessar para a parte ocidental da cidade, fosse para fugir do regime soviético, ou tão somente para reencontrar familiares.
Faz hoje vinte anos que o derrubaram. O governo da RDA, anunciou nessa data, que todo e qualquer cidadão poderia atravessar o muro, se assim o desejasse. Foi a loucura. Multidões subiram e atravessaram o muro. Nas semanas seguinte a vergonha Alemã foi sendo desmantelada aos poucos, pelos caçadores de lembranças e por multidões eufóricas.
Hoje, no local onde se erguia o muro, há marcas no chão, a lembrá-lo, e o governo Alemão, vai reconstruir partes dele para memória futura.

.
JFM
.

Sem comentários: