segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

"JAMAIS" [Jámé]

.
MAIS UMA DO SENHOR MINISTRO

.
A Drª Manuela Ferreira Leite não tem credibilidade
.
.
É assim mesmo que o senhor ministro fala da Presidente do PSD. E isto, segundo ele porque nos idos de Novembro de 2003, a então ministra pertenceu a um governo que na Figueira da Foz assinou com o governo espanhol um acordo/programa de construção do TGV, com datas assinalados e tudo, e hoje, em Janeiro de 2009, diz que se fosse (for) governo, não deixará construir a linha para o comboio de alta velocidade. E disse isto depois de já várias vezes, e por várias pessoas credíveis, se terem apontado os motivos para que tal obra se não efectuasse.
O senhor ministro, quando fala de credibilidade, pensa que os Portugueses têm memória curta. Esqueceu-se que nós todos nos lembramos do acordo que ele mesmo assinou com a Metro do Porto para a construção de novas linhas e aumento de outras, e que depois rasgou, apresentando um outro com prazos muito mais alargados e à revelia de tudo o que fora assinado.
O senhor ministro esquece-se que nós todos nos lembramos do caso do aeroporto da Ota, que se iria construir em data fixada por ele e com acordos assinados com a região e "jamais" no deserto de Alcochete, para onde afinal parece que se vai construir.
O senhor ministro esquece-se que nós todos sabemos que a situação económica de Portugal era uma à data de 2003, e que hoje é completamente diferente. Passaram mais de cinco anos, e estamos em plena crise mundial, e em recessão. Tudo se modificou. Temos de nos adaptar às circunstâncias. E hoje não há dinheiro, e se nos endividar-mos mais, serão os nossos filhos e sobrinhos e netos que irão pagar os erros de hoje, coisa que qualquer pessoa de bom senso não quererá.
O senhor ministro esquece-se que não é muito bom a mentir, a enganar e a mistificar a verdade. O senhor ministro fala de mais, e fala mal.
Eu sei que tem um bom padrinho, que até lhe poderia ensinar como essas coisas se fazem, pois que é mestre nessas artes, mas estou em crer que o senhor ministro é um mau aluno, e quando assim é, não há nada a fazer.
Neste caso, como em outros, quem é que não tem credibilidade para poder falar?
Caramba, nunca mais é Outubro para poder-mos pôr estes gajos na rua!

.
JM
.
In O Primeiro de Janeiro, 19-01-2009

(Também publicado no blogue CLUBE DOS PENSADORES, onde pode ler comentários)
.

Sem comentários: