segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

SOU SÓ EU, OU HÁ MAIS QUEM NÃO ENTENDA?

.
RENATO SEABRA CONFESSOU O CRIME
.
Estava a fazer um esforço para não comentar a notícia da morte de Carlos Castro. Toda a gente e mais alguma entendeu ter alguma coisa a dizer sobre o assunto. Uns a falar da vida que Castro escolheu, outros a falar da vida que Renato abraçou, muitos a falar da violência e outros tantos a tentar branquear o que foi feito. Muitos também a dizer asneiras em cima de asneiras sem ter em conta os familiares dos envolvidos.
Mas acabei por não resistir ao ler que  a morte de Carlos Castro mais não era que um crime de violência doméstica e mais nada. Não percebi. Não deveriam estes senhores e senhoras levantarem-se e gritarem a uma só voz a sua revolta? Fiquei a saber que esta morte não abalou o mundo LGBT. Para o presidente da Opus Gay, António Serzedelo, "Carlos Castro terá sido unicamente vítima de violência doméstica", algo que "infelizmente" também acontece entre casais "heterossexuais".
Por outro lado, Renato disse que já não era homossexual, e que por isso, matou Carlos Castro, livrando-se dos demónios e acabando com o vírus!?!?!? Mas pode ser assim? Hoje sou hetero, amanhã homo e depois nem uma coisa nem outra? É conforme me apetece, ao sabor dos acontecimentos do dia-a-dia? Coitadinho do menino que até gosta muito de ver telenovelas com as irmãs e vai ficar em observação por tempo indeterminado? Ou estará já, premeditadamente a preparar a sua defesa com vista à ininputabilidade?
Felizmente irá ser julgado nos EUA, onde tudo é diferente do que se passa por aqui. Talvez dentro de pouco tempo haja uma sentença, acabando muito depressa o período de observação psiquiátrica. Para já, a acusação é de homicídio em 2º grau.
É que se o menino Renato vier para ser julgado cá, dentro de dez anos ainda estaremos a discutir a possível culpa do alegado homicida e a ver se há alguma atenuante para o caso.
Entretanto o humor negro regressou aos nossos jornais pela mão da primeira página do jornal de notícias de hoje.

.







Também no AVENTAR

2 comentários:

Anónimo disse...

se calhar é você que não entende mesmo nada e não consigo perceber porque não ficou calada!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Olhe lá ó Atributos.... nunca se sabe se der para por os seus "atributos" a trabalhar para os "machos latinos" não lhe acontecerá o mesmo que aconteceu ao pobre do Renato!