sexta-feira, 19 de junho de 2009

RACISMO, ANEDOTA, OU QUASE REALIDADE?

.
O ANGOLANO
.
Um imigrante de Angola chega a Portugal - Lisboa - como todos sabem o
resto é só para fazer ambiente

No seu primeiro dia, decide sair para ver os arredores da sua nova cidade.

Andando rua abaixo em Lisboa, pára a primeira pessoa que vê e diz:

- Obrigado, Português, por permitir-me estar neste país onde me deram
casa e comida grátis, seguro, médico e educação grátis, obrigado.

A pessoa sorri e reponde:

-sinto muito mas eu sou Ucraniano

O Angolano continua rua abaixo e encontra outro que caminhava na sua
direcção e diz:

- Sr. Português, obrigado por este país tão belo que é Portugal e que
me dá tudo.

A pessoa responde:

-Eu não sou Português sou Romeno.



O Angolano continua o seu caminho; quando encontra outra pessoa,
cumprimenta-o e diz:

- Obrigado por este país tão belo que me dá tantas oportunidades!

E a pessoa diz:

- Oh cara, eu não sou Português, sou Brasileiro

O angolano continua o seu caminho e encontra Paquistaneses, Indianos,
Guineenses, Cabo-Verdianos, Russos, Chineses (muitos chineses), etc...
até que, finalmente, vê uma senhora bem vestida que vem a seu encontro
e pergunta:

- Por favor, diga-me: você é Portuguesa?

A mulher sorri e diz:

- Sim e não, sou cigana.



Estranho e confuso, o Angolano pergunta:

- Mas onde estão os Portugueses?

A cigana olha-o de cima abaixo e responde:

- Espero que estejam a trabalhar para nos sustentar…

.
via correio eletrónico
.


1 comentário:

João disse...

Isto é racismo puro e acéfalo. Nada mais.