terça-feira, 12 de agosto de 2008

Isaac Hayes 1942-2008

.








Isaac Hayes morreu !!!


Isaac Hayes, um dos gigantes do soul, morreu anteontem, aos 65 anos, de causa ainda desconhecida. O cantor, compositor e pianista foi encontrado inconsciente e chegou a ser levado ao hospital, onde foi oficialmente declarado morto.


O cantor influenciou várias vertentes da black music de maneira decisiva.



Para os mais velhos e os que conhecem a história da black music, Isaac Hayes foi associado, inicialmente, ao filme Shaft, de 1971, para o qual compôs a trilha sonora premiada com um Oscar (foi o primeiro negro a ganhar o Oscar nessa categoria) e um Grammy (em 1972 ele ganharia outro Grammy pelo sensacional álbum Black moses). O filme é um clássico do Blaxploitation, o cinema de afirmação que estilizou a vida nos guetos negros das grandes cidades dos EUA, nos anos 1970, trabalhando apenas com profissionais black (Tarantino homenageou o subgênero em 1997 com Jackie Brown).

Dono de uma voz profunda e grave e de uma personalidade forte, Hayes driblou uma infância complicada (foi criado pelos avós após a morte da mãe e o abandono do pai quando tinha 18 meses) e, a partir dos cultos protestantes, aprendeu a tocar piano, órgão e sax. Tocou com The Mar-Keys e com o genial Otis Redding.
A produção musical de Hayes entre as décadas de 60 e 70 influenciou várias vertentes da black music, contribuindo especialmente para a evolução do soul, do funk e do disco sound. Ao lado de Otis Redding, Sam & Dave e Carla Thomas, foi um dos principais responsáveis pelo sucesso da Stax, gravadora rival da Motown na consolidação pop da black music.
Nos últimos anos, Hayes conciliava suas atividades de músico e actor com suas convicções humanitárias. O intérprete de Theme from Shaft, Soulsville, Soul man, I had a dream e When something is wrong with my baby, estava preparando um álbum para a renascida Stax, que voltou ao mercado em 2007.

O artista, que também participou como actor em dezenas de filmes (apareceu em filmes como Atraídos pelo destino, com Nicolas Cage, e Jogo duro, com Ben Affleck), deixa 12 filhos, 14 netos e três bisnetos.




.

1 comentário:

Anónimo disse...

Hay vidas (como la de Audrey Hepburn) que se visten de gala con sus obras. Es difícil estar en la cima y crear escuela, pero más lo es estando tan alto, guiñar un ojo a la solidaridad.

Salu2, Aras