terça-feira, 12 de agosto de 2008

Porto, o mais pobre de todos

.



POBREZA


Beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI)


Porto na liderança, Lisboa com maior subida.
O distrito do Porto continua a ser o que tem mais beneficiários do Rendimento Social de Inserção, seguido de Lisboa e Setúbal.
Lisboa foi o distrito onde mais aumentou o número de pessoas e famílias abrangidas pelo Rendimento Social de Inserção (RSI) no primeiro semestre de 2008, mas o Porto continua liderar quando analisamos o número absoluto de beneficiários do RSI.
Por outro lado, de acordo com os últimos dados disponibilizados pelo Ministério da Segurança Social, Santarém foi o único distrito do País em que o número de famílias a receber o RSI desceu, apesar de, curiosamente, o número de pessoas abrangidas por este subsídio ter aumentado.
No final da lista, encontramos o distrito transmontano de Bragança.
Assim, de acordo com dados da tutela, no final de Junho de 2008, 43.943 famílias (109.389 pessoas) do distrito do Porto beneficiavam deste complemento social, o que representa um aumento de 4.320 famílias (11 por cento) e 10.016 pessoas (10 por cento) em relação ao primeiro semestre de 2007.
O maior agravamento da pobreza naquele período ocorreu, porém, no distrito de Lisboa, o segundo com mais pessoas a viver com poucos ou nenhuns rendimentos.
No final de Junho do ano passado, havia 34.428 pessoas e 12.171 agregados familiares beneficiários do RSI no distrito de Lisboa.
Um ano depois, o número de beneficiários aumentou, em ambos os casos, mais de 40 por cento: no final dos primeiros seis meses de 2008 recebiam o RSI 48.748 pessoas (17.596 famílias), ou seja, mais 14.318 pessoas e 5.425 agregados do que em igual período de 2007.
O número global de beneficiários do RSI ultrapassou a barreira das 300 mil pessoas no final do primeiro semestre deste ano.
Os dados da Segurança Social apontam para 334.865 pessoas e 120.943 famílias a receber este complemento.Outra das conclusões que se pode retirar da comparação dos dados de 2007 e 2008 é que foi no distrito de Braga em que o número de beneficiários e famílias com RSI mais subiu, a seguir ao Porto e a Lisboa.
Setúbal manteve, ainda assim, o terceiro lugar em ambos os rankings.
No final do primeiro semestre do ano em curso, os serviços da Segurança Social estavam a pagar RSI a 20.533 pessoas e 7.085 famílias, o que representa um crescimento de, respectivamente, 1.785 e 552 (o quinto maior aumento em ambos os casos).
Lisboa foi o distrito que apresentou a maior subida no número de beneficiários do RSI
Luís Brás ( O Primeiro de Janeiro ) 12 de Agosto de 2008
.

Sem comentários: