terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

UM POPULISMO LACÃO

.
AO FIM DE MAIS DE VINTE ANOS?
.
O sr Lacão, deputado, socialista, político há muitos anos e Ministro dos Assuntos Parlamentares, descobriu agora o que já milhares de pessoas bramaram em altos berros e o povo Português está farto de saber. Nem mais nem menos do que não serem precisos tantos deputados na AR, porque afinal na sua maioria não estarão lá a fazer alguma coisa que se veja. Há quatorze anos prevista na nossa Constituição a redução em cerca de cinquenta deputados e reclamada ainda antes disso por muita gente, vem este senhor, agora, que até convém dizer aos Portugueses que se está muito preocupado com o que se gasta, dizer esta coisa como se a tivesse acabado de inventar. Entende o sr Ministro que esta não é uma questão de menor importância, claro, tendo dito:
-"Penso que é preciso fazer alguma coisa para revitalizar a credibilidade dos políticos na nossa sociedade e desde logo fazê-lo com sentido de austeridade no Estado".
A isto, chama-se populismo do mais básico, coisa aliás em que os políticos, na sua maioria, e este em particular, são peritos. E por causa de ter dito e redito tudo isto, ainda vai acabar por ter de se demitir ou ser demitido, já que quem se mete com o PS, leva.
E nós, povo carneiro, aceitamos mais esta como muito natural e até dizemos, cheios de bonomia: 
- Vale mais tarde que nunca!

TAMBÉM NO AVENTAR


Sem comentários: