terça-feira, 30 de setembro de 2008

ESTÁ TUDO DOIDO

.
Está tudo Doido!
- Há medicamentos falsificados em Portugal vindos sabe-se lá de onde.
- Há leite falsificado em Portugal vindo da China.
- Há chocolates, caramelos e afins, fabricados na China e com os problemas detectados nos leites em pó, de marcas conceituadas presentes no nosso país.
- Há casas dadas (pelo menos em Lisboa) com rendas simbólicas, a quem não precisa delas (reforma de 3350euros/renda de 146euros).
- Há uma crise financeira em todo o mundo, que provoca pânico generalizado (excepto em Portugal). Por aqui está tudo bem!
- Há governos a injectar dinheiro, aos biliões, nos bancos para que eles não vão à falência.
- Há cada vez mais assaltos violentos.
- Há operações policiais quase diárias a bairros problemáticos, na tentativa vã de nos dar uma sensação de segurança.
- Há escolas que foram inauguradas com toda a pompa e circunstância e ainda estão em obras
- Há greves, desta vez dos enfermeiros e dos CTT.
- Há cada vez mais desconfiança nos preços dos combustíveis.
- Há desastres pelo mundo fora, sejam eles naturais ou atentados terroristas, com mortos e estropiados, cujas imagens passam na televisão à hora das refeições, e para as quais se ouve e olha com a maior indiferença.
- Há fome para milhões de pessoas em todo o mundo, e quotas de produção de alimentos sujeitas a multas se forem ultrapassadas.
- No país dos suicídios, já há quem "suicide"os outros em vez de a si mesmos.
- O nosso governo é acusado pela oposição em geral, de malabarismo.
- A propaganda governamental, entra-nos pela casa dentro a todo o momento.
- Espera-se pela apresentação do Orçamento de Estado, desejando, sem esperança, que ele não seja mais que o culminar de todas as manobras de propaganda.
- Há cada vez mais, desequilibrio regional nos investimentos.
- Há tantas mais coisas, todas más, que se ouvem todos os dias.
- Já não há notícias boas ou menos más.
- Discute-se diariamente o casamento dos homossexuais.
- O futebol continua a ser o "ópio" do povo.
E somos todos muito felizes.
Valha-nos Deus!
.
JM
.
(Publicado no jornal "O Primeiro de Janeiro", em Opinião, em 13 de Outubro de 2008)
.

3 comentários:

Objectiva.Mente disse...

Como diria o Sérgio Godinho, "cá se vai andando, com a cabeça entre as orelhas"

Rita disse...

Estes factos, são bem verdadeiros. E assustadores, justamente por isso. Quando será que tiram a venda dos olhos? Onde irá parar o nosso pais? Meu Deus.
Bom post

JOSÉ MODESTO disse...

Preocupante,presente nos nossos dias. Verdades Incomodativas... dá que pensar