sábado, 6 de setembro de 2008

NOVAS OFENSAS VELHAS

.
Com a devida vénia ao blogue "BLASFÉMIAS"


.

"PIGS IN MUCK

Porcos no estrume. É deste modo tão terno que o Financial Times se refere a Espanha, Grécia, Itália e… Portugal. Com uma justificação pseudo-técnica-económica-linguística-de-pacotilha (essencialmente, juntam as iniciais de cada país) que ainda ofende mais. Sim, a mesma publicação onde o inapagável Manuel Pinho costuma esbanjar avultadas quantias do erário público em publicidade de retorno mais do que duvidoso. Em Itália e, sobretudo, na Espanha, o caso já está a dar que falar. Por cá, quase nada. Provavelmente porque muitos dos que mandam se sentem bem assim."
.
O termo PIGS (O acrónimo tem mais de 10 anos), tem sido usado há algum tempo para identificar o conjunto de países onde se incluem Portugal, Espanha, Itália e Grécia, mas mais do que o acrónimo, o que eu gostava de ver fortemente contestado era o conteúdo do artigo. O que estará em causa não é só a expressão ‘PIGS’ (Portugal, Italy, Greece e Spain), mas todo o seu contexto, o termo ‘in muck’, e o resto do artigo que é ofensivo.
Deveríamos no entanto ler "muck" de outra forma... mUcK. Sempre seria uma pequena desforra.
De qualquer forma ao longo de todos estes anos, ninguém falou de mais essa ofensa britanica, e na verdade, quem cala, consente!
Tanto quanto sei, em Italia e nos nossos vizinhos já começaram os protestos, e nós ... estamos titubeantemente a começar.
"A reacção, civilizada mas enérgica de uma associação espanhola está aqui:
"
.
Vamos começar a reagir...
.
JM
.

Sem comentários: