segunda-feira, 24 de novembro de 2008

AINDA HÁ CONDIÇÕES?

.
Começam a esfumar-se as condições para que a Drª Manuela Ferreira Leite continue em funções. As gaffes, os silêncios, a falta de agressividade, a quase total falta de oposição e a completa ausência de "estar", fazem com que o partido do governo, apesar da muita contestação, continue à tona e com um completo à vontade. De cada vez que a Srª Drª fala, ou não fala e deveria falar, ou falando necessita de ver explicado o seu conteúdo e o sentido das suas palavras, os socialistas riem e vêm aumentada a distância relativa, voltando aos poucos a aproximar-se de uma maioria absoluta. Actualmente, do lado direito do Parlamento, e também transposto para o dia a dia, só o Dr. Portas faz uma oposição eficaz ao governo. O PSD ainda se arrisca a ver o CDS/PP a subir às suas custas, nas sondagens.

A Drª Manuela, é, poderá ser, de uma capacidade enorme para as matérias sobre as quais estudou, e até tirou um curso superior, mas para líder de um partido que se quer num dia próximo, governo, mostra-se de uma incapacidade gritante. Também na A.R., o actual líder da bancada do seu partido, perde em toda a linha para o seu antecessor.

Já ninguém acredita nas possibilidades da senhora para levar o partido ao mais alto lugar em Portugal. Numa altura em que se deveriam discutir diferentes estratégias para combater o partido do governo, só se fala na necessidade de dar um pontapé nos fundilhos das calças (neste caso na saia) da Srª Drª e colocar em sua substituição, e depressinha, uma cara nova.

O Dr Menezes, há meses que reclama essa mudança, o mais tardar para o princípio de 2009. O Dr Passos Coelho, tem mantido silêncio sobre o assunto, mas vai trabalhando na sombra para esse efeito. O Dr Santana Lopes, rendeu-se aparentemente, talvez por um qualquer interesse momentâneo de ordem camarária. E até o Dr Marcelo se perfila já como candidato, em princípio não para hoje, mas quase de certeza para amanhã.

Ainda há condições, Srª Drª Manuela Ferreira Leite? Acha que sim? Não será mais aconcelhavel pensar um pouco e aceitar uma solução igual à do seu antecessor?

Onde está o PPD/PSD? Que é feito dele? Parece ser preciso fazer uma "limpeza de balneário" a exemplo do que já foi feito em tempos com muito bons resultados, profunda, para depois renascer das cinzas, com caras novas, lavadas e sem manias. O partido tem quadros com muita capacidade para efectuar essa mudança. Só é preciso que certos históricos o permitam, ou sejam obrigados a permitir.


.

JM

.

Sem comentários: