terça-feira, 4 de novembro de 2008

EMAGRECI.... PERGUNTE-ME COMO!

.
QUASE COMO UM CONTO
.
NOVO VENDEDOR HERBALIFE

Fosse eu o proprietário de uma qualquer marca de venda de produtos por catálogo ou porta a porta ou de porta aberta, tudo faria para convencer o melhor vendedor português - com conhecimentos pelo mundo inteiro, entrada nos lugares mais selectos e uma verborreia fabulosa - a enfileirar nos quadros da minha empresa. Nada mais natural!
Diz-se por aí, de boca a ouvido, nas mesas de café, que é isso mesmo que algumas das mais conhecidas empresas destes ramos e outros, estão, ou estavam porque uma já terá ganho, a fazer com o melhor vendedor Português desde o tempo de Magalhães (que vendeu a sua ideia ao rei espanhol).
Assim, a Avon, a Oriflame, a Tuperware, a Herbalife e outras (passe a publicidade e a certeza de terem sido mesmo estas), terão feito as suas propostas, e vá-se lá saber porquê, terá sido esta última a preferida pelo senhor. Desta forma, os senhores para quem este vendedor trabalhava, ficaram privados do seu melhor quadro, muito embora tal não lhes provoque demasiado prejuízo, uma vez que a produção dos pc's estará vendida para os próximos anos, mercê do bom desempenho do bufarinheiro.
Sabe-se até, dizem, que, José, este nosso fabuloso vendedor, quer vir a ser, um dia, como o sr. Parker, que enquanto ensinava os seus alunos, lhes vendia canetas, e um dia, fabricou uma mesmo sua, diferente de todas as existentes, que patenteou em 1889, e decidiu-se a enveredar pela carreira única de vendedor. E que bem que o fez, já que ficou rico em pouco tempo, e hoje, apesar do sr. Parker já não estar entre nós, a marca que fundou é há muito, uma das maiores do mundo.
Para tal, o sr. em causa, cujo nome completo quero deixar salvaguardado, terá já entregue a carta de despedimento ao presidente, dando, como é evidente, a garantia dos dois meses obrigatórios, pelo que após o Natal, nos veremos livres dele.
Consta até, que já tráz colado no vidro do carro e na lapela do casaco, o emblema
"EMAGRECI... PERGUNTE-ME COMO!"


.
JM
.


Sem comentários: