terça-feira, 21 de abril de 2009

AH, AH, AH,AH

.
AFINAL OS CULPADOS SÃO OUTROS POR CERTO
.
A pequena montanha pariu um ratito dos muito pequenos. Tudo em escala reduzida!
Nada entendo da "fazedura" dos preços dos combustíveis que diariamente utilizo. Sou, como a maioria do povo Português, um ignorante neste assunto. Quanto à subida e descida do preço cobrado ao consumidor, entendo tanto como de lagares de azeite. Mas de uma coisa, eu e todo o povo do País, entendemos, porque o vivemos no dia-a-dia. Entendemos que alguma coisa deve estar mal, para que quando o preço do petróleo sobe, o preço da gasolina e do gasóleo sobem quase de imediato, e quando o petróleo desce, o preço dos combustíveis demoram muito tempo a descer. E há outra coisa que nós sabemos, é que havendo três ou quatro "marcas" de combustíveis, será muito difícil que os preços sejam exactamente iguais em qualquer uma delas, e que a partir de uma certa data, à cerca de nove meses, e por força dos protestos das pessoas e dos meios de comunicação social, esses preços começassem a variar nas milésimas, para parecer não haver concertação.
Há outra coisa ainda que eu sei, eu e todos os Portugueses, é que para se chegar à conclusão de que não há concertação de preços em Portugal,quando toda a gente vê que só pode haver, não seriam por certo necessários nove meses de estudos.
Não sei quem paga os salários aos senhores da Autoridade da concorrência, por certo somos nós todos, incluindo as horas extraordinárias do enorme trabalho que que esta Autoridade produziu, mas, dados os resultados que se encontram à vista de toda a gente, até parece que mais alguém pagou, e não terá sido pouco, para obter o relatório agora apresentado. Eu sei que não pode ter sido assim, só as conspurcadas más línguas de alguns o poderiam insinuar, todos os elementos, em especial os que mandam mais, são de uma honestidade a toda a prova, mas lá que parece que alguém, ou muita gente, enriqueceu ilicitamente, parece!
O melhor seria explicarem ao pormenor, porque é que entendem que não há cartel na fixação de preços, e a maneira exacta, em termos que eu um burro pouco inteligente perceba, das contas a fazer para que se possa subir e descer os preços da gasolina e do gasóleo.

.
JM
.

Sem comentários: