quinta-feira, 23 de abril de 2009

PENSAMENTOS REACCIONÁRIOS VIII

.
TABELA DE PREÇOS E MULTAS
.
MÃO NA MÃO, VINTE E CINCO TOSTÕES
MÃO NAQUILO, QUINZE ESCUDOS
.
A tabela de prendas máximas que os funcionários públicos podem receber sem pagar imposto, vai ser publicada em breve. Assim vão os trabalhadores da função pública ficar a saber se podem ou não receber, pelo favorzito prestado ao contribuinte, a garrafinha de vinho a martelo que ele lhe quiser ofertar. Segundo a tabela, provavelmente, o favorzito prestado, pode só valer uma qualquer prendita da loja dos trezentos ou dos chineses. Vamos assim ver, em breve, afixadas nas paredes das repatições, as ditas tabelas. Para favores maiores, as canetas, as garrafas de bom wiskky e os cristais Atlantis podem ser um exemplo, mas como na maior parte das situações é a notita que circula, os valores em dinheiro (valores máximos para não haver especulação) também estão consignados na tabela. Valores mais elevados que os da tabela, serão considerados corrupção e sijeitos a sanções elevadas. Qualquer garrafa de vinho corrente ou a martelo, será aceite facilmente, para uma reserva ou superior, tem de se ter cuidados redobrados. Deverão os trabalhadores que forem sujeitos a prendas, consultar a tabela sempre que as mesmas lhes sejam ofertadas, pois que se estiverem acima do tabelado, deverão ser recusadas e pedir para que sejam trocadas por umas de valor inferior.
O Concelho da Prevenção da Corrupção, tem na realidade muito boas ideias. Pena que esta seja uma ideia copiada.
Faz lembrar a tabela de multas da PSP, do ano de 1953, na qual estavam descritas as multas a aplicar a quem fosse encontrado na via pública em determinadas circunstâncias.



.
LEI CONTRA A CORRUPÇÃO


O BLOCO FEZ, O PS APROVOU
.
Na realidade não tinha percebido muito bem a razão da aprovação da proposta sobre o sigilo bancário feita pelo BE, pelo PS. Outras propostas, apresentadas por outros partidos, e que não tinham esta leitura, não foram aprovadas.
Agora entendi. Tira-se com uma mão, e dá-se com a outra. Finge-se com toda a desfaçatez do mundo que se faz o que se não faz. Só os contribuintes individuais terão as suas contas bancárias sobre o escrutínio do Fisco. As empresas, ficarão mais protegidas do que com a lei actual, não podendo a DGCI aceder às suas contas sem autorização de um tribunal.
Foi aprovada na generalidade, e só se espera que na especialidade, esta proposta obtenha tantas alterações que fique irreconhecível.
Toda a gente sabe das manobras em que o nosso primeiro é perito, aqui mais uma vez demonstradas à saciedade.
Querem enganar quem? Querem proteger quem?
Isto é de um gozo tremendo, que me faria rir, se esta anedota não fosse infelizmente verdadeira.
Mais uma vez pergunto:
- Vamos ou não fazer com que o sr Primeiro saia pelo seu pé? Ou, será preciso dar-lhe um pontapé?



A ARROGÂNCIA DE ALBERTO JOÃO
.
COISAS DAS ELEIÇÕES
.
A exemplo do nosso Primeiro de Portugal, o Primeiro da Madeira, também é arrogante. Mas tem uma arrogância legítima de quem tem mais de trinta anos de poder, sempre com votos que lhe dão maioria absoluta. Ao contrário do outro, é inteligente e luta pela qualidade dos seus conterrâneos. Basta ver o que era a Madeira há trinta anos e o que é agora.
Dentro do seu partido, governa com braço de ferro, ao contrário da liderança nacional. Quem manda é ele, e assim é que deve ser. Pena que não esteja no Continente, e a sua política seja dirigida à "sua" ilha. Se cá estivesse, outro galo cantaria no nosso governo.
Ainda gostava de o ver a concorrer ao lugar da srª D. Manuela. Seria, sem dúvida, uma lufada de ar fresco no partido e na política Nacional.
Na realidade é ele, a par de outro que hoje concorre à Câmara da capital, a pessoa mais importante do PSD.



CAVACO RALHOU
.
VEIO TARDE A INDIGNAÇÃO
.
Ao fim deste tempo todo, quatro anos e meio de governação do sr Pinto de Sousa, e depois de toda a oposição ter dito dia após dia que assim não podia ser, o nosso Presidente, que nos tinha habituado a uma postura comprometida, distante, lenta, conciliadora, e outras de igual modo moles, veio mostrar-se zangado com a governação e com quem gravita em torno dela, e deu um ralhetee quase que deu tau-tau no nosso Primeiro. Chamou os bois pelos nomes e colocou a culpa do estado a que chegamos em quem a tem.
Vem esta posição tarde de mais, já a deveria ter tido quando a crise se mostrou irreversível.
Tem razão o Presidente no que diz, já todos o sabemos, já todos o andámos a dizer há anos, mas para que serve esta indignação?
A meu ver, também não adianta nada esta tomada de posição do Presidente, porque o sr Sócrates é irritantemente desobediente, e estupidamente arrogante, e nada sabe fazer que não seja com propaganda enganosa e delirante, e porque o sr Cavaco não manda realmente nada, sendo quase uma figura decorativa pelo menos no que concerne à governação, como muitos antes também o foram.
A nós só nos resta não votar no sr Primeiro, e assim acabar com esta fantochada.
Mas ainda vamos ter de penar mais seis meses.



CRIME, HE SAID. THE PRIME-MINISTER IS CORRUPT!
.
CORRUPÇÃO AO MAIS ALTO NÍVEL
.
A TVI mostrou para quem quis ouvir e ver, o filme onde o sr Smith disse que o nosso Primeiro é corrupto. E di-lo com todas as letras, com todos os esses e erres. Não tem que enganar, está lá preto no branco.
Que vai fazer agora o nosso Primeiro?
Que vai dizer agora a namorada do nosso Primeiro?
Que vai o povo fazer agora que se ouviu e viu a acusação maledicente.
Vamos ter processo?
Vamos ter uma crónica, no caso de o assunto poder caber no jornalismo português já que não cabe na lei, a falar do assunto que todos ouvimos?
Vamos votar noutro que não o nosso actual Primeiro?
Noutros tempos o comentário que se dirigiria ao sr Pinto de Sousa seria, "o sr Primeiro, deve obviamente demitir-se"

Esperemos as cenas dos próximos capítulos.



A IMPORTÂNCIA DO DISPARATE
.
A IMPORTÂNCIA DO DISPARATE
.
Digo eu que dar importância ao que o homem diz, é disparatado. Pensar que o homem ainda tem importância é outro disparate. Já se deveria ter calado há muito, e ter-se remetido à sua actual insignificância. Hoje já nem os do seu partido lhe ligam por aí além. Pode parecer que não gosto dele, e que porventura nunca gostei, e se realmente parece é porque é verdade.
O disparate de agora não tem realmente importância, mas chateia que ainda lhe dêem alguma relevância.
Dizer que o nosso Primeiro não está a ser patriótico mas sim nacionalista, quando apoia Durão, é uma ideia que não cabe na cabeça de ninguém, só mesmo na dele, do Soares que foi amigo, quando o povo pensava que estava com ele. Ainda por cima com a conotação que a palavra nacionalista pode ter.
E isto ainda agora está a começar. Que mais o ouviremos dizer sobre os seus pares?
Será que se vão zangar as comadres?



PSD E O PARLAMENTO EUROPEU II
.
AS ESCOLHAS DA DRª MANUELA II
.
Vá-se lá saber porquê, a senhora escolheu o s Rangel. É o menino bonito da drª Manuela. Já o tinha escolhido para comandar os seus pares na Assembleia da República.
A meu ver uma má escolha de então, ficou muito aquém do seu antecessor (não é que esteja a fazer um mau trabalho agora, mas o outro era bem melhor), e uma má escolha agora, pois terá uma derrota anunciada no confronto com Vital Moreira.
Eu gostaria de estar enganado, eu gostaria de, daqui a uns meses vir aqui, humildemente, falar do meu erro de apreciação, de vir dizer que afinal a escolha tinha sido boa, mas não me parece possível. O candidato, apesar de inteligente e de parecer ter boas ideias, não tem carisma.
O nome mais falado nestes dias, nem chegou a ser considerado pela chefe do partido, e pela primeira vez, a drª Manuela, teve uma reacção negativa de alguns dos seus segundos, muito embora, na apresentação do nome, tudo se tenha calado e ninguém fez ondas, ou ainda a senhora se zangava e não haveria lugares para os que os esperam.
Nada tenho contra o actual cabeça de lista do PSD. Realmente as suas últimas prestações têm sido razoáveis, tem vindo a melhorar, a argumentação tem melhorado, e tem vontade e capacidade, mas havia tantos outros nomes melhores e mais capazes para esta luta, que me parece mais um erro da drª. Mas mais à frente é que se vai ver.
Parece-me que só o partido do governo fica a ganhar com esta candidatura.



OS LIMITES
.
DA DECÊNCIA E NÃO SÓ
.
As acções de formação visam levar os funcionários a terem um atendimento perfeito, uma postura impecável e um aspecto que não fira quaisquer susceptibilidades.
Firmas há que optam pelo uso de traje de trabalho (farda), que em muitos casos é de um bom gosto tremendo.
As normas por que se rege qualquer firma, devem ser do conhecimento de todos os trabalhadores, ainda antes de começarem a trabalhar.
Devem ser dados aos trabalhadores, caso não exista traje obrigatório de trabalho, a liberdade e o discernimento para, em qualquer circunstância, tomarem a opção certa, dentro das normas impostas pela entidade patronal.
A partir daí, não devem restar dúvidas sobre o que é permitido ou proibido, de molde a que todos saibam das "linhas com que se cosem".
Apesar de, neste caso, parecer ser posta em causa a liberdade de cada um usar o que lhe der na real gana, é certo que infelizmente há cada vez mais pessoas que não sabem os limites a que se devem impor, para não ferirem as regras de bem estar num local de trabalho, ainda mais se for, como é o caso, de atendimento ao público.
Os aspectos de postura pessoal são muito importantes, assim, torna-se necessário descrever ao pormenor, o que para muitos é mais do que evidente, podendo assim provocar reacções adversas dos que, com menos formação para entenderem estes problemas de gestão, entendam não haver qualquer razão para colocar por escrito certos limites. Para além disso, estamos a falar de uma situação que se vive em Faro, numa das zonas de melhor clima do País, e que pode levar a uma mais que ligeira vontade de alguns, de misturar traje de trabalho com traje de passeio ou veraneio.
Sou assim levado a concordar com a atitude dos responsáveis pela Loja do Cidadão de Faro, e a não entender o porquê de esta situação ser considerada notícia.


.
(In, O Primeiro de Janeiro, 23-04-2009)

.
JM
.

1 comentário:

Anónimo disse...

Encuentre el mejor estilo de vida en Chipre con Chipre empresa de propiedad - Cyprus property