quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

NÃO, AO PACTO DE REGIME.

.
SÓCRATES NÃO ACEITA PACTO
.
O nosso Primeiro não aceita um pacto regime com o PSD.
O nosso Primeiro entende que as concepções ao nível do investimento público são muito diferentes das do PSD.
O nosso Primeiro acha que estas são razões mais do que suficientes para a sua não aceitação.
A culpa não é de ninguém, a culpa é do investimento público.
De qualquer forma, digo eu, pactos de regime com o PS, provavelmente ninguém quereria, que eles são demasiadamente arrogantes e não são de fiar.
Mas no meio de tudo isto, no meio desta crise mundial, e mais importante, no meio desta crise nacional, quem se trama de todas as maneiras e feitios, com os dois principais partidos a remar um para cada lado, não são os dirigentes que nos governam e os dos partidos que nos querem governar, nem a maioria dos empresários, são tão somente os portugueses, os trabalhadores com e sem emprego de Portugal.

.
JM
.

Sem comentários: