sábado, 25 de outubro de 2008

AUTÓDROMO INTERNACIONAL DO ALGARVE

.
AUTÓDROMO INTERNACIONAL DO ALGARVE INAUGURADO A 2 DE NOVEMBRO
.

O Autódromo Internacional do Algarve é inaugurado oficialmente, domingo, 2, mas as motos do mundial de Superbikes, que vão estrear a infra-estrutura, já podem começar a ser vistas segunda-feira

A contagem decrescente para a inauguração do Autódromo do Algarve, está na fase final. Um ano e 115 milhões de euros depois do início das obras trabalham-se os últimos acabamentos. Por causa da recepção as motos dos mundiais de Supersport e de Superbikes, cuja derradeira etapa será a primeira da novíssima pista, tudo tem de estar preparado antes da inauguração,

Considerado, já, um dos mais modernos e polivalentes autódromos do mundo e o melhor da Europa (o traçado conta com 64 versões e o Kartódromo com 112), com óptimas infra-estruturas, tem como objectivo supremo trazer a Fórmula 1 de novo, a Portugal. No entanto, não será provável que tal venha a acontecer. Os países orientais, agora com a novidade das corridas de madrugada, para que os investidores possam ter o seu retorno com a transmissão no Ocidente às horas normais, roubarão cada vez mais os GP à Europa. Para além disso, ter um GP em Portugal, custaria , só para que se realizasse, e sem contar com a organização, cerca de 30 milhões USD, quantia enorme para as nossas capacidades.

Enquanto isso não acontece, se é que algum dia vai acontecer, a McLaren vai realizar testes em Dezembro. Apesar de ainda não haver confirmação oficial, também outras escuderias são esperadas em Janeiro e Fevereiro.

O Autódromo é a âncora de um projecto mais ambicioso, que inclui um kartódromo, um parque tecnológico e um complexo turístico.

Só resta desejar as máximas felicidades a todos quantos se meteram nesta aventura.

.

JM

.

2 comentários:

JOSÉ MODESTO disse...

Caro Amigo, não vamos estar perante mais um elefante branco? Veja-se o que está a acontecer ao estádio do Algarve!!!
Não acha que o país tem outras necessidades! Não estou contra o desporto automovél do qual sou apreciador, estou é contra a ostentação que este país teima em mostrar.

ATRIBUTOS disse...

Caro José Modesto,

O mais certo é vir a ser realmente um elefente branco, como o foi o Autódromo do Estoril, que estou eu convencido que irá a breve trecho ser vendido para a construção de condomínios fechados e de luxo (só assim parece justificar-se a construção do do Algarve), mas também como será o Aeroporto novo de Lisboa, o TGV, e outros empreendimentos que este governo teima em considerar como imprescindíveis.
Anda muito dinheiro por aí a circular, para que outras gentes ganhem ainda mais dinheiro. Resta saber de quem é o primeiro dinheiro, e quem vai acabar por paga-lo ao seu proprietário.

JM