terça-feira, 18 de agosto de 2009

EXISTE A DÚVIDA, O VERNIZ PODE ESTALAR

.
ACTOS PIDESCOS OU SÓ CURIOSIDADE?
.
.
No tempo da outra senhora, era normal dizer-se que estávamos a ser observados. Nesse tempo qualquer frase ouvida e depois referida fora de contexto poderia servir, dizia-se, para nos atacar e até prender.
Hoje, o "big brother" em que vivemos, permite tudo isso e tudo o mais. Mas, não contentes com isso, certos serviços governamentais, usam, diz-se por aí, as mesmas técnicas usadas pelos serviços secretos do antigamente (agora obviamente mais refinadas), no que diz respeito a "bufos" e a escutas.
A notícia de agora, já nem tem a ver com essas práticas, usadas na generalidade do nosso dia-a-dia. O problema diz respeito à Presidência da República, que deveria estar fora desse circuito, mas pelos vistos não está.
Eu sei que todos temos uma curiosidade mórbida pela vida alheia, e se calhar, como todos nós, o governo também a tem, e à luz dessa curiosidade, vai de instalar umas câmaras de video para controlar o que se vai passando na Presidência. E a ser assim, se a curiosidade é de tal modo grande que até o PR está sob escuta, o que dizer do comum dos cidadãos? Será que poderemos ir sossegados à nossa casa de banho, fazer o que toda a gente faz nesses sítios, sem o perigo de estarmos a ser observados?
Será que as novas tecnologias, apregoadas pelo governo não poderiam servir para outra qualquer coisa que fizesse falta e melhorasse o nível de vida dos Portugueses?
Onde está a posição oficial da presidência? Quem disse o quê?
As suspeitas existem. O escândalo está instalado. A guerrilha chegou ao topo da hierarquia do Estado. Os guerrilheiros aprontam-se. As eleições estão já aí ao virar da esquina.


.
JM
.

Sem comentários: