terça-feira, 25 de agosto de 2009

MASTROS, BANDEIRAS, VARANDAS

.
BANDEIRAS DA MONARQUIA
.
.
A irreverência de alguns monárquicos, levou-os a içar bandeiras da Monarquia por esse País a fora. Começou na Câmara de Lisboa e agora continua na cidadela de Cascais.
O nosso País está, há quase duas centenas de anos, orfão de valores e de quem nos saiba orientar, não tendo os últimos momentos da Monarquia, do mesmo moda que toda a República (mesmo no tempo de Salazar que se julgava nosso paizinho), respondido aos nossos anseios.
Os valores de novecentos anos de história foram esquecidos e apagados há noventa e nove anos, na implantação da República. Outros valores se foram entretanto instalando, e nos últimos trinta e tal anos, todos todos têm vindo a ser destruídos.
Não sou monárquico, mas também não sou republicano. Neste tipo de assuntos, não sou carne nem peixe, antes um ciclóstomo assumido.
Sou pelo melhor para o meu País, e isto que nós agora temos não o é certamente.
Será melhor a Monarquia? Não sei. Só sei que a Monarquia deve meter muito medo às pessoas que agora mandam em nós, já que ela é proibida. Assim como a outra coisa que comia criancinhas ao pequeno almoço no tempo da outra senhora. E a Monarquia é proibida já há muito tempo. Como será possível que ainda meta medo? Podem explicar-me, devagarinho, escolhendo as palavras com muito cuidado, como se eu fosse uma criança curiosa e desejosa de tudo saber? Os países que têm sido dos mais desenvolvidos da Europa não têm regimes de Monarquia (representativa)? Medo do quê?

.
(In, O Primeiro de Janeiro, 25-08-2009)

.
JM
.

1 comentário:

Anónimo disse...

Olá,
Tenho 31 anos, e como me encontro com as suas palavras.
Já fui pela Monarquia, depois pela República... Pelos vistos também continuo na puberdade política, pois não sei o que será melhor, mas sei o que quero: Quero o meu país com valores, modernos, pacífico, multi-cultural, mas sem esquecer os nossos valores, quem esquece o passado, perde-se no Futuro.... andamos todos perdidos?