domingo, 16 de agosto de 2009

NINGUÉM QUER PARCERIAS COM O PS


.
CADA VEZ MAIS ISOLADO

. .
O partido do ainda nosso Primeiro, está cada vez mais isolado. Na verdade dizem os seus responsáveis, para quem quiser ouvir, que não precisam de ninguém, que estão muito bem sozinhos, que mais vale só que mal acompanhado, e mais um chorrilho de asneiras, numa fuga para a frente que só vai acabar contra uma parede no dia 27 de Setembro.
Na verdade, o grande problema deste partido que ainda nos governa, não será o saber se está só ou se está acompanhado pelos outros partidos. Esses outros partidos da sua ala esquerdina, também não o querem ajudar, nem que seja para não o deixarem continuar a fazer asneiras. O problema não está em poder vir a fazer coligações governamentais com este ou aquele, uma vez que eles, este e aquele, já disseram que o não fariam. O grande problema do partido do sr Pinto de Sousa, está em saber-se (e ele sabe) que o povo votante, pode não fazer ideia de quem é que vai receber o seu voto, mas sabe que não será o PS.
O desespero bateu à porta do partido socialista. Já fazem tudo e de tudo para captar um voto aqui e mais um outro acolá. Já atacam tudo e todos, ofendendo quem lhes passe pela frente, e essa estratégia vai dar-lhes alguns resultados. Infelizmente para eles, maus.
Hoje, já só há um partido com capacidade de nos governar. Um partido que tome as rédeas do governo mas que não queira o poder para se governar. Mas não deverá governar sozinho, que esta última experiência foi desastrosa. Para tanto basta que um partido pequeno, que já lhe fez companhia, tenha votos suficientes para em conjunto poderem formar uma boa equipa. É preciso pois, dar voz à ala direita do parlamento e reduzir à sua expressão mais simples a outra ala.

.

JM
.


Sem comentários: