segunda-feira, 3 de agosto de 2009

UMA JUSTIÇA AOS BOCADINHOS

.
E VÃO SETE
.
.
Foi com sete anos de prisão efectiva e perda de mandato que o agora ex-autarca foi brindado, acrescido de uma indemnização ao estado de 463 mil euros, pelos crimes de fraude fiscal, abuso de poder, corrupção passiva e branqueamento de capitais.
Acho muito bem. este senhor andou a enganar-nos todos estes anos, e provou-se agora que afinal era culpado de todos estes crimes. Este caso do sr Isaltino, arrasta-se desde 2005 e diz respeito a crimes cometidos entre 1993 e 2002. Mesmo assim, Morais diz-se inocente, vai apresentar recurso e assegura a sua recandidatura à Câmara.
Tanto tempo para julgar os casos em que a vergonha destes governantes não existe! E claro, isto não vai ficar por aqui. O Juiz que o condenou ainda vai preso e ele em instâncias superiores, absolvido.
Mas, mal pergunto, onde estão todos os outros governantes que neste nosso País, abusaram, corromperam, defraudaram, branquearam, enganaram, destruíram, roubaram, e outras coisas más que por aí andaram a fazer?
A nossa justiça, que como em todos os casos em Portugal, veio tarde, vai continuar como até aqui, ou vai seguir este exemplo? É que já foram alguns os julgados, mas, quantos os condenados? Não há culpados em Portugal? Só o sr Isaltino?

.
JM
.

Sem comentários: