domingo, 18 de outubro de 2009

O HOMEM QUE MORDEU O CÃO

.
A NOTÍCIA
.
Não é ofensa, o título desta crónica. Longe de mim chamar cão ao agente da autoridade. Mas, neste caso a notícia está, não na resistência do condutor à prisão, nem o facto de o agente da autoridade entender que o deveria deter. A notícia, verdadeira e bizarra, está na forma como o homem, alcoolizado, resistiu à detenção. O individuo mordeu a perna do polícia.
Parece que o malandro, já tinha tido actuações idênticas noutros encontros com as autoridades.
Como aparte à notícia, soube-se que a mordidela foi de tal forma que o agente da PSP, teve de ser tratado no hospital.
Ele há cada um!

.
JM
.

Sem comentários: