sábado, 3 de outubro de 2009

OS SUMARÃES ALUMINOS

.
ENVOLTOS EM POLÉMICA HÁ TEMPO DE MAIS
.
.
.
Ciclicamente as coisas vêm à baila.
Paulo Portas encomendou dois submarinos alemãs e não o deveria ter feito.
Fez um contrato mal feito e não o deveria ter feito.
Deixou que outros roubassem cerca de seis milhões de contos ( dos antigos, dos bons) ao Estado Português, fruto de comissões mal entregues.
Foi uma nódoa na governação.
Etc., etc., etc..
Sempre que o homem ganha alguma notoriedade lá voltam as acusações. Mas é bom de ver que este processo já é mais velho que o do Freepot e ainda não acabou. Mas como estamos em Portugal, nada é de estranhar.
O sr Portas parece que nunca foi chamado a prestar declarações sobre o assunto. parece incompreensível, não é verdade? Se o sr tem tanto de mau comportamento, de acções ilegais, porque raio não foi ainda chamado?
Nestes últimos dias ficou a saber-se que o contrato de compra dos submarinos e das contrapartidas, desapareceu. (?!?!?!) No mínimo, é esquisito. Como é que desaparecem papeis importantes dos que o nosso Estado tem de guardar? Documentos importantes que indicam quem deve o quê e como?
Agora surge a polémica sobre a hora e o minuto do aviso da concessão ao consórcio ganhador, vários dias antes do despacho do Ministro. É importante? Seria se o aviso surgisse antes do concurso, ou algo parecido. Agora já depois da decisão tomada, mas antes do despacho?
Não podem ver uma camisinha lavada!

.
JM
.

Sem comentários: