sábado, 3 de outubro de 2009

Ó SR PRESIDENTE, O QUE FOI O SR FAZER?

.
DIZER QUE OS PC´S NÃO ESTAVAM SEGUROS?!
.
Confesso que nem me tinha lembrado de tal possibilidade, mas outros o fizeram.
Quando o sr Presidente da República falou dos seus computadores e de como parecia fácil entrar fraudulentamente neles, e ainda de que o correio electrónico da presidência podia estar a ser vigiado, fácil seria imaginar que pessoas com conhecimentos suficientes para entrar na rede informática, fossem tentar muito depressinha antes que fechassem a porta.
Agora, neste país ensandecido, se calhar são aos milhares as tentativas de entrar pela porta informática que o sr Presidente deixou pensar que estivesse aberta.
Isto é tão giro. Ninguém pensa no que diz e nas consequências do que diz. Nem o Presidente.
Tudo muito frágil nos sistemas informáticos em Portugal. E nas pessoas também.

.
JM
.

Sem comentários: