terça-feira, 10 de março de 2009

MARCELO REBELO DE SOUSA - MANUEL ALEGRE

.
UMA RELAÇÃO DE IMPORTÂNCIA
.
Há uma relação engraçada entre Marcelo Rebelo de Sousa e Manuel Alegre. Ambos estão para as cúpulas dos seus partidos como alvos que não se podendo abater, o melhor é apaparicar.
Por isso, lá lhes vão dando a importância que eles detêm.
No primeiro, se o homem resolver dizer que quer ser candidato a líder, pode desmoronar-se toda a estratégica de MFL e talvez ela, de uma vez por todas, não consiga levar avante as suas ideias.
No segundo, se o homem resolver dizer que quer ser líder de um outro partido a formar por ele, lá se desmorona a ténue esperança de JS voltar a ganhar as eleições e com maioria absoluta.
Quanto ao primeiro, anda a circular na Net uma petição para que seja ele o cabeça de lista do PSD às eleições Europeias. Facto que para o PSD seria bom pois parece muito fácil para MRS derrotar VM, o candidato socialista. E o partido, arrumava-o para "canto", da mesma forma que arrumou PSL, aceitando candidatá-lo à Câmara de Lisboa. De qualquer forma, não me parece que MRS aceite sequer essa ideia, uma vez que ele diz que considera Marques Mendes o candidato ideal para esse lugar.
Quanto ao segundo, a figura mais importante, pela sua ausência, do recente congresso "Follow The Lider", anda, no PS, tudo suspenso do que ele fará, uma vez que não é viável qualquer oferta de qualquer poleiro. Assim, pelo sim pelo não, tratam-no com meiguice e consideração.
Não custa nada ser simpático com quem nos pode tramar.

.
(In O Primeiro de Janeiro, 10-03-2009)

.
JM
.

Sem comentários: