sábado, 14 de março de 2009

NINGUÉM ESTÁ PARA NOS ATURAR

.
MAIS UMA QUE VAI EMBORA
.
Neste caso, não será a crise mundial que provoca a perda de emprego de mais 200 trabalhadores. Neste caso, a empresa que contratou a nossa empresa, vai deslocalizar, como muitas outras já o fizeram antes, o fabrico de material militar para um país que lhe dá melhores condições de trabalho, a República Checa. Os blindados vão embora e também com eles duas centenas de empregos. O mais dramático é que os blindados que estão para serem construídos noutro lugar, são para o exército português, segundo uma encomenda e um acordo de 2005. Os duzentos e sessenta veículos, cuja encomenda foi feita pelo governo PSD/CDS, previa contrapartidas e agora, só se vêm partidas para outras bandas.
Será que o sr ministro da Defesa sabe o que deve fazer num caso como este, ou teremos de lhe dizer?
Mais um problema que a ser tratado com a competência costumeira, vai ficar com um resultado de Áustria/R.Checa - 1, Portugal - 0

.
JM
.

Sem comentários: