segunda-feira, 23 de março de 2009

PENSAMENTOS REACCIONÁRIOS III


.

A GALP E OS LUCROS DE MILHÕES

.
OU, COMO SE GANHA DINHEIRO À CUSTA DO ZÉ POVINHO.

.

A Galp ganhou no ano passado, ano de crise, quase 500 milhões de euros. Foi um lucro superior em 14% ao do ano anterior. Para que isso acontecesse, aproveitou, só no último trimestre, a lentidão do governo que não verificou atempadamente os preços praticados e que nesta altura ainda não tem um estudo sério sobre o assunto e a lentidão dos compradores que só protestavam baixinho e devagarinho mas não deixavam de comprar, e, não baixando os preços devidamente, ganhou 105 milhões de euros.

Este ultimo trimestre de 2008, beneficiou de uma baixa enorme nos preços do crude, e de um aumento de 25% na margem de lucro do preço da refinação que a Galp faz. Este aumento da margem de lucro, deu, para além dos 105 milhões, mais 32 milhões de lucro a esta empresa.

O presidente da Galp Energia, acha que se a crise se prolongar, o preço do crude pode dercer até aos 30 USD.

Entretanto o PCP quer chamar ao Parlamento, para dar explicações sobre os lucros, o presidente da Galp.

A Galp, foi também multada pela CMVM, e condenada ao pagamento de 75 000 euros.
Os Portugueses devem estar satisfeitíssimos com a maior empresa do seu país neste sector, que mostrou à saciedade a preocupação que tem com a crise e com o bem estar geral.
Outras empresas, outros lucros:

EDP = 1.091.000.000,00 €, Santander = 517.700.000,00 €, CGD = 459.000.000,00 €, BES = 264.100.000,00 €, BCP = 201.200.000,00 €, BPI = 150.300.000,00 €.
E os Portugueses, à vista disto, também devem estar muito contentes com o governo que nos lidera, que deixa, nesta época de crise, que isto nos aconteça.
Claro que como de costume, e devido à grande propaganda que o nosso Primeiro faz, as sondagens continuam a dar uma confortável maioria ao partido da governação.
Somos mesmo muito palonços!

.

CAMPANHA ELEITORAL

.
PRÉ-ESCOLARIDADE OBRIGATÓRIA A PARTIR DOS 5
.
As crianças com 5 aninhos vão ter pré-escola pública a partir de daqui a ano e meio. E que se tramem as pré-escolas particulares que já existem, que se amanhem para outro lado. Quem as vai ressarcir dos prejuízos?
Muito provavelmente ninguém já que esta medida, perfeitamente eleitoralista, se calhar nem vai ser implementada. É que o investimento vai ser de 36 milhões de euros.
Também se prometem bolsas de estudo para alunos dos 15 aos 18 anos. Coisa boa!
Coisas do nosso Primeiro!

ORTODOXIA

.
MEDIDAS NÃO ORTODOXAS
.

Segundo Silva Lopes, haverá salários normais e outros elevados. Será preciso saber o que são e de que valor, os salários normais, para que as medidas pouco ou nada ortodoxas que propõe, possam ser implementadas. Para este ex-presidente do Montepio Geral, essas medidas passam pelo congelamento dos salários normais e a descida dos mais elevados. Também é preciso saber, como facilmente se entende, a partir de que montante serão os mais elevados, e para que valor descerão.

Tarefa difícil, que só com a ajuda do nosso Primeiro, conseguiremos ver implementada, já que de valores de salários e suas denominações, sabe ele.

O SIMPLEX AO ATAQUE

.
DGCI - IMT - DÍVIDAS - CASTIGOS
.

Os senhores da Direcção Geral de Impostos, são uns pândegos. Mas são um bocadinho mais do que isso. Também são incompetentes. Se o castigo por incumprimento de menos de 2 euros se tivesse passado numa empresa privada, o pelos vistos intocável funcionário, que fez tamanho parvoíce, poderia ter sido despedido com justa causa. Na Administração Pública não, pois que a incompetência é protegida e a culpa morre solteira. Caso o incumprimento fosse de milhões, como os haverá por aí, talvez que o caso fosse tratado de uma maneira mais suave, para não ferir susceptibilidades, e nem se chegasse a tanto. Só deve muito quem pode, e os que podem são tratados com respeitinho, que é bom e eles gostam. Assim, com o Simplex ao ataque, ninguém vê nada e o que importa é mostrar serviço, seja ele qual for e como for, desde que o atacado seja um pequeno contribuinte, sem conhecimentos de gentes importantes, e sem capacidade de poder dever muito ao Fisco.

É este o serviço público que temos.

São demasiadamente ridículas as situações em que nos envolvem e nos obrigam a gastar o tempo e o dinheiro que nos faz falta para coisas importantes.

MARCELO REBELO DE SOUSA - MANUEL ALEGRE

.
UMA RELAÇÃO DE IMPORTÂNCIA
.

Há uma relação engraçada entre Marcelo Rebelo de Sousa e Manuel Alegre. Ambos estão para as cúpulas dos seus partidos como alvos que não se podendo abater, o melhor é apaparicar.

Por isso, lá lhes vão dando a importância que eles detêm.

No primeiro, se o homem resolver dizer que quer ser candidato a líder, pode desmoronar-se toda a estratégica de MFL e talvez ela, de uma vez por todas, não consiga levar avante as suas ideias.

No segundo, se o homem resolver dizer que quer ser líder de um outro partido a formar por ele, lá se desmorona a ténue esperança de JS voltar a ganhar as eleições e com maioria absoluta.

Quanto ao primeiro, anda a circular na Net uma petição para que seja ele o cabeça de lista do PSD às eleições Europeias. Facto que para o PSD seria bom pois parece muito fácil para MRS derrotar VM, o candidato socialista. E o partido, arrumava-o para "canto", da mesma forma que arrumou PSL, aceitando candidatá-lo à Câmara de Lisboa. De qualquer forma, não me parece que MRS aceite sequer essa ideia, uma vez que ele propõe e considera Marques Mendes o candidato ideal para esse lugar.

Quanto ao segundo, a figura mais importante, pela sua ausência, do recente congresso "Follow The Lider", anda, no PS, tudo suspenso do que ele fará, uma vez que não é viável qualquer oferta de qualquer poleiro. Assim, pelo sim pelo não, tratam-no com meiguice e consideração.

Não custa nada ser simpático com quem nos pode tramar

Manuel Alegre, entretanto, afastou-se das listas do partido socialista, não devendo sentar-se de novo nas bancadas do Parlamento. Prefere ser visto pela esquerda como o seu candidato presidencial preferido e supra partidário.

.

"i", DE JORNAL

.
UM JORNAL CHAMADO "i"
.

"i" é um novo jornal diário que vai aparecer lá mais para o verão.

“i" agora, como vai ser?

Com ele o desemprego vai baixar em Lisboa e vale do Tejo, pelo menos durante algum tempo que se espera longo. São setenta os jornalistas!

Será mais um? Já vi tantos a vir e a desaparecer.

"i", é mesmo assim que vai ser?

Mais um diário na zona da capital, a concorrer com os outros todos, os que estão menos bem e os que estão mal, economicamente falando. E a arrancar numa altura que não parece nada boa.

Será mais um? Já vi tantos, até com nomes apelativos e mesmo assim desapareceram.

"i" depois, como irá ser?

E este nome custa a entrar como nome de jornal. Não dá jeito para pedir ou para falar dele.

Será mais um? Espero que não!

"i" será para ficar?

Sorte, engenho e arte, são os desejos que se podem dar, para que o sucesso se obtenha.

CRIME A TIRO DE CAÇADEIRA

.
CRIMINOSOS
.

Nada tenho contra os caçadores. Tenho amigos que são caçadores. Tenho conhecidos que são caçadores. Tenho ouvido falar de outras pessoas que não conheço que são caçadores. Tenho até conhecimento de que há pessoas que gostam de ser caçadores. Eu não sou! Eu não gosto de caçar. Eu não tenho prazer em matar. Eu quanto muito gostaria de praticar tiro ao alvo, ou talvez não. Só entendo o caçar para comer, e só se for preciso.

Mas enfim, tenho de aceitar quem pense diferente de mim.

Mas não tenho de aceitar que quem cace, quem tenha uma arma na mão, não saiba o que está a fazer, e que animais pode ou não pode caçar.

Assim, quem vai caçar e mate um animal, cuja espécie está protegida, é um assassino. Está a ajudar a acabar com uma espécie que outrora, antes da estupidez humana se ter revelado como está presentemente, vivia calmamente e bem.

O estúpido que matou esta águia-imperial, bem merecia que um dos chumbos, ou mais, tivessem feito ricochete e, voltando para trás, lhe acertassem no dedo que premiu o gatilho.
Embora nestes casos, o crime costume compensar, espera-se que um cidadão decente, que tenha conhecimento de quem matou a ave, o denuncie, para que o parvalhão seja castigado.

AS COISAS AFRICANAS

.
MORTE DE NINO VIEIRA
.

A casa do Chefe de Estado da Guiné-Bissau foi assaltada por grupo amigo de Tagmé.

Há 23 anos que Nino presidia à Guiné, e desde há cerca de 40, as guerras, guerrilhas, fome, desespero, lutas entre facções, e outras coisas más, nunca deixaram este antigo território Português.

Sete, foram os dias de luto oficial decretados, e há garantias de que não houve golpe de estado, enquanto a mulher de Nino se refugia na Embaixada de Angola, e se prevê que venha viver para a sua casa de V. N. de Gaia.

Estas coisas em África são o pão nosso de cada dia, como infelizmente noutros lugares deste nosso planeta. Ninguém se entende, e a fome e a sede de poder potenciam estas situações. As diferenças são enormes entre estas gentes, com o ditado da falta de pão, do ralhar e da razão a ter importância nestas bandas.

Os mandantes com vidas faustosas e os mandados com vidas de miséria.

O PROTESTO DE REGRESSO

.
PROFESSORES DE NOVO NA RUA
.

Os professores, regressam aos protestos de rua com um cordão humano.
Com o início do terceiro período, os protestos vão intensificar-se, e não vão faltar aderentes a esses protestos. Sempre e ainda por causa da avaliação que o governo impõe, e os professores não aceitam.

O final de ano vai ser atribulado, com os interesses dos alunos alunos, como é costume, a serem relegados para posições secundárias. Poucos se interessam por eles, que são a principal, se não mesmo a única causa da existência dos professores.
De qualquer forma, e como ambas as partes têm o direito de, umas a manifestarem-se e outras a não lhes ligarem nenhuma, só restam mesmo os alunos, parte mais importante no processo, para sendo realmente prejudicados, serem devidamente protegidos.
Este governo e em especial o ministério da educação, têm como imagem de marca os protestos dos professores, havendo quem o considere o ministério dos protestos, mas o secretário de estado deste ministério, rejeita por completo tal epíteto.

E umas chapadas na cara, a uns e a outros (governo e professores), não resolvia o problema?

UMAS OBRITAS E MAIS NADA

.
INAUGURAÇÕES DE NADA
.

O governo, com todas as chatices que nos impôs, com toda a propaganda que andou a fazer, com todas as inverdades que nos impingiu, distraiu-se e, neste ano de todas as eleições, não tem obras para comemorar, das que enchem o olho, das que fazem mover multidões.
Assim só restam umas quantas obritas de nada para inaugurar. Um ou outro quiosque, uma ou outra parede rebocada e repintada, 3km de estrada da Buraca à Fontinha, um mini-aeroporto reaproveitado, e pouco mais.

Tem isso sim, obras no papel, promessas por cumprir, obras já inauguradas e ainda incompletas, revisitas a escolas já visitadas para inaugurar a chegada tardia do Magalhães, e um punhado de outras situações, de pequena monta e sucesso duvidoso.
Tem ainda para re-inaugurar, a obra suprema do regime em vigor. A falta de confiança no futuro e o desespero de grande parte da população, motivados pelo desemprego crescente, pelas falências fraudulentas, e pela propaganda enganosa do governo.
Em ano de todas as eleições, só precisamos mesmo de inaugurar um novo governo que saiba o que faz.

AS SURPRESAS DA NOSSA EDUCAÇÃO

.
ERROS NO MAGALHÃES
.

Foram detectados erros de Português, em jogos pedagógicos do computador Magalhães.
Dificilmente poderão deixar de pensar os nossos governantes, que esta treta toda, não seja mais do que parte de uma campanha negra já por demais evidente e denunciada à saciedade, destinada a denegrir o governo, por intermédio de um computador que foi fruto de uma campanha de markting das mais intensas desde o tempo da outra senhora.
Como é possível tantos tiros nos pés, por parte de quem tem a responsabilidade de não falhar em assuntos que se sabe, andam debaixo dos olhares atentos da oposição?
Segundo o secretário de estado da educação, foi uma surpresa o aparecimento destes erros. atrevo-me no entanto a dizer, que seria uma surpresa, isso sim, se não aparecessem erros por todo o lado e as coisas aparecessem bem feitas, dada a incapacidade e a por demais já conhecida incompetência de muitos dos elementos do governo.
Entretanto o Ministério mandou retirar do computador o software com erros de Português.
Mais uma coisinha para descredibilizar este governo, até porque o Magalhães, é o maior assassino da leitura em Portugal, e agora também da língua Portuguesa.


.

(In O Primeiro de Janeiro, 23-03-2009)


.

JM

.


1 comentário:

Anónimo disse...

Somos mesmo um povo pequeno, continuamente criticamos quem faz alguma coisa diferente em Portugal. Já percebi que é um crítico do Magalhães, como a maior parte dos políticos não PS, se tiver filhos pequenos, netos ou mesmo crianças vizinhas preocupe-se em falar com elas e perceber se o Magalhães é útil ou não. Porque adultos que não utilizam sequer o Magalhães, como é que podem criticar um PC que traz vários softwares impossíveis de aceder à maior parte das bolsas dos Portugueses? Dar a oportunidade a crianças de possuírem um computador, façam um inquérito para perceberem quantos pais vão desinstalar o famoso software, e depois falem, porque falar por falar já somos muitos em Portugal. Como se costuma dizer trabalhem mais e falem menos, para todos nós descontarmos menos e este país andar para a frente!!! Deixemos de ser derrotistas e pessimistas!!! Pelos seus textos começa-se a perceber que deve andar à espera de um "tacho" laranjinha, daqueles que dão cartões de crédito e reformas milionárias.