segunda-feira, 2 de março de 2009

AS COISAS AFRICANAS

.
MORTE DE NINO VIEIRA CONFIRMADA

.
A casa do Chefe de Estado da Guiné-Bissau foi assaltada por grupo amigo de Tagmé. Dizem que Nino Vieira morreu, com a confirmação a chegar pouco depois, e a forma como morreu ainda depois.
Há 23 anos que Nino presidia à Guiné, e desde há cerca de 40, as guerras, guerrilhas, fome, desespero, lutas entre facções, e outras coisas más, nunca deixaram este antigo território Português.
Sete, foram os dias de luto oficial decretados, e há garantias de que não houve golpe de estado, enquanto a mulher de Nino se refugia na Embaixada de Angola.
Estas coisas em África são o pão nosso de cada dia, como infelizmente noutros lugares deste nosso planeta. Ninguém se entende, e a fome e a sede de poder potenciam estas situações. As diferenças são enormes entre estas gentes, com o ditado da falta de pão, do ralhar e da razão a ter importância nestas bandas.
Os mandantes com vidas faustosas e os mandados com vidas de miséria.

.
JM
.

1 comentário:

Carlos Santos disse...

Este homem http://tinyurl.com/cl4xef ainda não olhou para África