quinta-feira, 12 de março de 2009

PADEIROS, MERCEEIROS E LAVRADORES

.
PREOCUPAÇÕES ALIMENTARES NA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

.
Na Assembleia da República, as preocupações alimentares estão na ordem do dia. A par destas, também as preocupações com as finanças das mercearias e das padarias foram alvo dos deputados socialistas. Segundo estes deputados, frutas e legumes deverão ser distribuídos aos alunos nas refeições escolares. Também, nas mesmas refeições, o pão a distribuir, deverá ter menos teor de sal. Mais uma preocupação eleitoralista, a surgir no final da legislatura. Durante quatro anos, ninguém falou dela. Neste ano de todas as eleições, todos os dias surgirá uma nova medida para cativar o povo. Agora cativam-se os paizinhos das crianças. Sim aos tomates, às alfaces e às couves, pois que qualquer dia, a julgar pela crise crescente, e pela fome que alastra, só mesmo na escola poderão comer alguma coisa saudável.
Será de esperar que estes alimentos a distribuir nas escolas, devam ser de produção exclusivamente Portuguesa. Devem portanto, os deputados, propor também a par destas medidas, mais uma que implique a obrigação de serem produtos nacionais. Tanto a fruta como os legumes Portugueses, são do melhor que existe, e assim, desta forma, incentiva-se o comércio e a produção dos nossos padeiros, merceeiros e lavradores.
Até que enfim, um tema interessante para ser discutido na Assembleia da República!
Há pelo menos um deputado do CDS que não concorda com a proposta socialista, pelo que o partido dará liberdade de votos.

.
JM
.

Sem comentários: