sábado, 25 de julho de 2009

57

.
QUEM SE LEMBRA E QUEM SE ESQUECE
.
As listas são pequenas, a dos que se lembram e a dos que se esquecem. Pela minha parte, esquecerei a falta de lembrança.

.
JM
.

1 comentário:

JOSÉ MODESTO disse...

Como eu o entendo...Caro Amigo.

Descartes já o tinha percebido com uma admirável clareza: a liberdade da indiferença é o grau mais baixo da liberdade.



Saudações Marítimas
José Modesto