quarta-feira, 22 de julho de 2009

IREMOS TER A CORAGEM QUE NOS TEM FALTADO?

.
DIAS LOUREIRO DE NOVO
.
.
Agora são luvas, o que parece que Dias Loureiro recebeu. A história está um pouco mal contada. A venda da Plêiade ao grupo SLN, fez com que este ex-conselheiro, recebesse oito milhões de euros. O homem diz que detinha uma percentagem na Plêiade, os acusadores dizem que foram "luvas".
Loureiro, virá por certo informar-nos, mais à tardinha, que não se lembra de nada, e que, só agora está a ver bem os contornos da situação. Dirá que a disponibilidade para colaborar com a investigação é total, e a sua consciência está tranquila, como sempre esteve.
Coisas ditas olhos nos olhos, com a franqueza a que já nos habituou.
Não há certezas de nada, só suspeitas. Investiga-se a corrupção.
Certo, certo, será o arrependimento do nosso Presidente, ao verificar como terá sido enganado pelo seu "amigo", e ao verificar que outro dos seus "amigos" está acusado de crimes no mesmo processo do BPN.
Aos poucos lá vamos sabendo coisas que não imaginávamos sequer. Será que vamos ter, como em Itália, um "Mãos Limpas"? Iremos ter a coragem que nos tem faltado ao longo destes anos, para levar estes processos até ao fim? Até às últimas consequências?
Será que Portugal está a mudar? Ou, pelo contrário, daqui a alguns meses, tudo ficará em águas de bacalhau?
Só o tempo no-lo irá dizer.

.
JM
.

3 comentários:

roldao disse...

deixe passar as eleições que tudo logo volta à estaca O

Dani girl disse...

A julgar por outros processos em que muitos diziam "que os culpados iriam ser julgados e o processo seria levado até às últimas consequências, independentemente dos nomes envolvidos" como o da Casa Pia, eu adivinho que tudo ficará em nada embora deseje, muito mesmo!, que as coisas mudem neste país, especialmente em termos de justiça.

http://everythingiwannasayandmore.blogspot.com/

Força Emergente disse...

Caros amigos

O País tem homens que não se irão vergar. Teremos, que de vez limpar o País desta gente mesquinha e sem escrupulos. Que ninguem se ausente
quando for necessário demonstrar que este País é NOSSO.
VAMOS RETOMAR PORTUGAL.