quarta-feira, 8 de julho de 2009

AFINAL É TUDO MENTIRA

.
A SENHORA NÃO QUER DEIXAR DE SER PORTUGUESA
.
.
Não quer deixar de ser portuguesa, mas quer ser Brasileira.
Que eles (os Brasileiros), povo quente e amistoso, são mais amorosos, são mais bondosos, são mais bonitos, são mais mais, dão-lhe coisinhas de vidro e peixinhos vivos, e o mais que for que lhe dão ou com que a apaparicam. Os Portugueses, pelo contrário, são duros, secos, não dão nada a ninguém, são muitos os da mão fechada, a direita e a esquerda, não têm vidrinhos de cores para dar, e os peixinhos, precisam deles para comer.
Não que não goste de ser portuguesa, não, não, mas quer ser Brasileira também.
Para além disso o sr Lula até a convida para churrascos e tudo e os nossos, Presidente e Primeiro, não fazem nada disso.
Quer ser as duas coisas, não tem nada contra o nosso País, Deus a livre de tal. É verdade que tem um diferendozito com o governo a propósito de uns dinheiritos e de Belgais, mas isso é de somenos importância, e nada que a leve a querer deixar de ser quem é.
Quer é ser mais um bocadito. Só isso, mais nada!
A pianista, a melhor de todas as Portuguesas, de renome internacional, merece de todos nós o respeito que sempre teve.
Só tem de continuar a fazer por merecê-lo.

.
JM
.

1 comentário:

Renata Figueiredo disse...

Nascer ou querer viver em qualquer lugar do planeta é uma opção individual, as pessoas são livres. Afinal o que é que as pessoas tem a ver com as escolhas de Maria joão Pires?????
Vivemos todos no mesmo planeta, somos criaturas da natureza, nascemos e morremos todos da mesma forma...
É incrível como nós pensamos, falamos e escrevemos sobre o próximo, se ele faz certo ou errado com tanta certeza e propriedade, como se fossemos os donos da verdade.
Penso que é melhor ganharmos tempo analisando as nossas vidas e buscando o nosso crescimento.
Seja feliz Maria João Pires em qualquer parte deste Globo.
Renata.