segunda-feira, 13 de julho de 2009

TSF


.




A TSF muda editores e estuda nova programação.Todavia substituíram Teresa Dias Mendes , uma voz inconfundível que entrava pelas nossas casas e automóveis nos seus excelentes noticiários durante o dia. Ela foi protagonista de um episódio durante a campanha para as eleições europeias - o conteúdo de uma peça jornalista foi questionado por José Sócrates que não gostou. Essa peça referia-se a questões entre o Primeiro-Ministro e o dirigente da Fenprof , Mário Nogueira . Era aludido que Mário Nogueira estava a ser manipulado ! José Sócrates e Teresa Dias Mendes chegaram a trocar palavras directamente num jantar de campanha depois da pressão feita pelo gabinete de José Sócrates.
A sua substituição não foi imediata , pois dava muito nas vistas. Não convém ter jornalistas que façam oposição e questionem José Sócrates , mais ainda que a TSF tem muita audiência e é uma referência .Quem é afinal fascista ? O Salazar à beira destes senhores é um aprendiz...Maneira encapuçada de fazer pressão e arrumar com alguém que não faz , não diz o que eles querem e questiona o que se passou. Caça às bruxas de uma forma subtil e souplesse . Na altura não se faz nada e na primeira ocasião contorna-se o problema e faz-se um upgrade , assim foi tentado na TVI , mas José Eduardo Moniz é o director da estação , não é um editor . Democratas sim , enquanto ninguém disser mal de nós , de outra forma trata-se de os anular.

.
Joaquim Jorge (Clube dos Pensadores)
.

Sem comentários: