sábado, 11 de julho de 2009

CAMINHO ERRADO

.
MANUEL POETA QUER VIRAGEM À ESQUERDA
.
.
.
O deputado poeta, que ao fim de trinta e quatro anos deixa de vez o Parlamento, entende que o governo, do seu Partido Socialista, precisa de acordar, governa mal, demasiadamente fora dos caminhos da esquerda, e que por isso, ele, Alegre, já disse que não integrará listas nem trabalhos.
Manuel Alegre, que já se despediu dos seus colegas no Parlamento, tem cada vez mais uma visão de vida, virada para uma sua futura apresentação ao eleitorado de esquerda e do País, para a Presidência da República, e começa já, com muitos anos de antecedência a fazer trabalho de bastidores para esse efeito. De qualquer forma, esses seus actos, serão, como todos os outros que começou, inconsequentes.

.
[In, Público, 12-07-2009, Blogues em papel, caderno 2 (parcialmente)]

.
JM
.

Sem comentários: