terça-feira, 28 de julho de 2009

AINDA O SR LOUREIRO

.
PLÊIADE, ESSA MALANDRA
.
.
O sr Loureiro, tinha 15%, depois tinha opção de compra de 15%, mais tarde, e afinal, teria vendido ao sr Roquete a parte que detinha na empresa. Muitas foram as contradições que o ex-conselheiro expôs. Não é no entanto de admirar, uma vez que este senhor, sofre de uma doença rara (não tão rara como isso no nosso País, onde se tem disseminado) que o impede de se lembrar das coisas que se passaram com isso.
O que parece certo é que o sr recebeu uma pipa de massa por via da venda da Plêiade. E o DCIAP anda a investigar atentamente o negócio.
Entretanto, o sr Roqueteveio a terreiro dizer que foi ele que vendeu, e era o dono de toda a empresa, tendo depois, dado ao sr Loureiro o valor acordado pela sua participação na empresa, no total de 8,21%. E recusa a acusação de quaisquer comissões pelo negócio.
A ver vamos no que isto vai dar.

.
JM
.

Sem comentários: