quarta-feira, 30 de setembro de 2009

MAIS UM QUE PERDEU O TINO

.
DECLARADAMENTE JÁ SÃO DOIS
.
.
.
Depois do BE ter dito que o sr Presidente da República se deveria demitir, vem agora o MRPP exigir (muito se exige neste nosso País) a imediata demissão do sr dr Cavaco Silva.
Mas esta gentinha perdeu a cabeça ou quê?
Para se ser líder de uma qualquer força política, é preciso ter tino, ou não?
Será porque a subvenção afinal não vem, que estes senhores entendem poder falar assim? ou estas palavras foram ditas enquanto pensaram que iam ter a dita, e por isso se consideraram importantes?
E eu que até nem gostei nada do discurso do sr Presidente, começo a entender que gosto ainda menos de certas interpretações.
Isto é de tal modo surreal que nem vou comentar mais nada.

.
JM
.

4 comentários:

Alex disse...

Mas lá que estes Meninos Reguilas que Pintam Paredes têm jeito para as pinturas, ah pois que têm. Deixe lá, olhe que fazem falta à Corte...
Até breve.

GP disse...

não devia acreditar em tudo aquilo que lê nos jornais. é que a subvenção vem mesmo. quanto ao resto... gosto do seu tom respeitador. fica-lhe bem.

Fada do bosque disse...

E é por isto, que o País está doente... ninguém acusa, ninguém exije, mas todos insinuam! Haja coragem!

Notícia na TSF

"O Presidente da República disse, na terça-feira, que, após ouvir várias entidades com responsabilidades na área da informática, soube que o sistema informática de Belém tem algumas vulnerabilidades.

O presidente do INESC disse à TSF que não ficou espantado com as palavras de Cavaco Silva, porque, de uma forma geral, todos os computadores dos órgãos de soberania estão em risco de violação.

Segundo José Tribolet, «estudos recentes» alertaram que existe vulnerabilidade nos «sites em geral».

«Estou indignado porque o estado de fragilidade e de indignidade da operação e do suporte aos agentes diplomáticos portugueses no país e no estrangeiro é inaceitável», alertou, acrescentando que não compreende como é que um estudo que fez para o Ministério dos Negócios Estrangeiros foi metido na gaveta.

«Este problema é muito mais sério do que neste momento se levantou com o Presidente da República», sublinhou, lembrando que há muitos sites da administração pública que transportam «muita informação confidencial».

Francisco Rente, coordenador do projecto que mede o nível de segurança da Internet portuguesa, disse que é quase inevitável considerar um sistema informático como vulnerável.

«A maioria dos equipamentos informáticos à partida está vulnerável, mesmo que sejam implementadas grandes medidas de segurança», afirmou.

Em Agosto, o nível de segurança do sector público foi considerado «perigoso» pelos especialistas Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra."

Posto isto e da vez que ouvi toda esta notícia na TSF, José Tribolet, afirma que tinham feito um plano de execução há um ano e meio e que nem resposta tiveram. Os estudos recentes têm ano e meio, depois desses é que fizeram outros em Agosto, pela Universidade de Coimbra. Motivos tem para estar indignado, pois se fez o trabalho, se disse que o Estado estava em perigo, se o Estado está em perigo, o povo também está e o Presidente coloca-nos nesta situação?!
Realmente Dr. Garcia Pereira. "Só" isto já era motivo para a sua demissão!

Este comentário está no blogue de Garcia Pereira... e confirmo a opinião!

Errata

O plano de execução ficou pronto há ano e meio, pelo que se deduz que os estudos foram feitos muito antes.

Fada do bosque disse...

Coragem?!
Só se forem os "maluquinhos" do MRPP. Esses exigem e acusam, não insinuam.